sábado, 25 de abril de 2009

Rebeca Nemer

Aos 13 anos de idade Rebeca, que é natural de Marília, conheceu um grupo de surdos que visitava a igreja da qual fazia parte, e foi este seu primeiro contato com o que, em pouco tempo, se tornaria uma de suas grandes paixões. Ela se tornou uma grande defensora da causa e dos direitos dos surdos em sua cidade.

Sendo assim desenvolveu diversas atividades sociais para os surdos, lançando campanhas de emprego, assistência médica, odontologia, jurídica, prestando a esses seus amigos assistência diversificada, não com o intuito de salvá-los da sociedade, muitas vezes preconceituosa e cruel, mas de integrá-los a ela para que a mesma pudesse conhecer o potencial, a garra e a força que os surdos possuem, qualidades que poderiam ser bem aproveitadas promovendo um bem mútuo.

Em março de 2002, Rebeca Nemer e um grupo de parentes, amigos, pais de crianças e adolescentes surdos constituíram e fundaram a Associação Rebeca Nemer, que é uma Entidade Civil, Cristã, Assistencial, Solidária, Cultural, Educacional, Desportiva, pró Crianças e Adolescentes surdos e sem fins lucrativos. Este foi um dos principais resultados de um real envolvimento com esta causa, que – além de ideias – contou com mãos para colocá-las em prática.


Fonte: Biografia Rebeca Nemer

Um comentário:

Tathinha disse...

Essa história mexe com qualquer pessoa....
Eu particularmente me idetifico com as libras e que os surdos tem a nos ensinar...e se todas as pessoas tivessem esse interesse de aprender a libras o mundo seria um pouco melhor do que é